Páginas

terça-feira, 11 de maio de 2010

LOUVOR ,SÓ LOUVOR

Leitores, postei uma poesia que uso naqueles momentos em que você é convidado em cima da hora para recitar, ou seja, aquela poesia de "bolso". Linda, rápida e mensageira.




LOUVOR, SÓ LOUVOR


Myrtes Mathias
Hoje não te escrevo, Senhor,

Para um pedido; quero que seja apenas só louvor:

Como o canto de um passarinho,

Como o rio que no leito corre,

Como o botão que se transforma em flor.



Um poema que se faça hino,

E qual incenso chegue a teus pés:

Nem pedido, nem queixa, nem voto, Senhor,

Mas louvor ao Deus grande que és.



Como és grande, Senhor, como és grande!

Muito além do que eu posso cantar:

Mais que o verde de todas as matas,

Que a areia de todas as praias,

Do que todas as águas do mar.

Mais que todo este mundo de estrelas

Que cintilam no azul lá do céu,

Mais que as flores de mil primaveras

É a tua grandeza, meu Deus.



Como és grande, Senhor, como és grande!

Em cuidado, bondade e poder;

Quando falha todo o recurso

É que a alma começa a entender.

Quando todas as portas se fecham,

E até a esperança se vai,

Só há uma frase que fica nos lábios:

“Deus é grande, é bom e é Pai.”

A ti, pois, trino Deus, toda a glória,

Deus Pai, Filho e Consolador;

Que todo joelho se dobre,

Proclamando que és o Senhor.

E que todas as vozes se elevem

Em louvor, só louvor, só louvor!....

quarta-feira, 5 de maio de 2010

COMO CITAR O NOME DO AUTOR E DA POESIA


O nome do autor da poesia, jamais deverá ser esquecido, a não ser que a poesia seja de sua autoria. Nesse caso basta dizer “de minha autoria” e o nome da poesia.



Ao iniciar a declamação diga primeiro o nome do autor, e em seguida o tema da poesia, pausadamente, logo quando o fundo musical começar. Por exemplo:


“De Myrtes Mathias” Reencontro.

Quando o conheci era jovem demais para saber amar.....



Primeiro cite o nome do autor, depois o tema , e inicie a recitação da poesia.



Algumas poesias podem ser adaptadas, como por exemplo, os gêneros das palavras, do feminino para o masculino, e vice-versa, assim:



No texto original consta:



Eu estando fragilizada......( Aqui está claro que o texto é de autoria de uma poetisa)



Se você for um declamador, é claro que irá declamar fragilizado.



Esses tipos de adaptação não necessitam serem citadas no início da poesia, apenas as mais relevantes, as quais me reportarei em outro artigo em breve.



Deus abençoe os declamadores e poetas evangélicos.
 
BlogBlogs.Com.Br